Aos mestres, com carinho

Impossível não lembrar dos bons mestres, não aqueles que facilitaram a minha vida, mas aqueles que me fizeram pensar.

Quando pensamos, irremediavelmente nos revoltamos, e infelizmente, vivemos em um país com muitas razões para nos revoltarmos.

Alguns se revoltam, transformando essa energia em algo positivo, e ascendem, crescem, florescem e se tornam algo melhor.

Outros, se tornam tão incomodados, tão revoltados, que se tornam professores, e essas pessoas não desejam repetir os mesmos erros que foram cometidos com eles.

Eles se revoltam, mas continuam dando aula em salas sem cadeiras, sem quadro. Eles tiram de seu suado e minguado salário, dinheiro para comprar alguma coisa que a classe necessita, pois eles acabam conhecendo a realidade de cada um de seus alunos.

São assediados por alunos, pais de alunos, pela direção, pelo Estado, que tem a obrigação de oferecer algo que eles não entendem.

Alguns dizem que ser professor é atender a um chamado, é ter um dom, enquanto outros dizem se tratar apenas de prática. Fico com o meio termo.

Eu, enquanto professor, me enxergo como um mago, capaz de modificar a realidade daqueles com os quais cruzo o caminho, apontando direções, mostrando que a vida não é fácil, que podemos vencer na vida sendo éticos, justos, e que o conhecimento tem um poder que não pode ser roubado.

Em dias como os nossos, o conhecimento pode ser vilipendiado, achincalhado, menosprezado, mas nunca roubado, e isso nos instiga a gritar ainda mais alto o quão transformador pode ser o conhecimento.

Ele nos liberta. Ele nos faz viajar sem ter que sair do lugar. Nos faz entender que é possível errar, mas que devemos observar, aprender com os erros e acertar.

O conhecimento faz de nós, pontos de luz em meio a escuridão. Em pouco tempo estamos arrodeados de criaturas que buscam a luz, estavam na escuridão, mas buscam a luz.

Feliz dia dos Professores a todos que se valeram dos ensinamentos de gigantes para transformar vidas, para se transformarem, e emergirem como algo muito melhor.

Gigantes que dedicaram ou ainda dedicam suas vidas a promover mudanças significativas nos indivíduos que fazem a sociedade, para que tenhamos uma sociedade mais justa, pautadas em princípios de equidade, e que possa se desenvolver de forma sustentável, preocupando-se não somente com o hoje, mas com todas as futuras gerações.

A todos os professores que inspiraram seus alunos e a todos os alunos que inspiram professores, um excelente dia, e que todos os dias possamos evoluir, colocando a educação e o conhecimento como pilar basilar para o desenvolvimento.

Escolham minha instrução em vez da prata e o conhecimento em vez do ouro puro.

Provérbios 8, 10.

E deixo aqui, meu eterno agradecimento ao Prof. José Yvan Pereira Leite, professor, mestre e amigo, em quem me espelho, na tentativa de me tornar um grande professor, e honrar todos os ensinamentos que me transmitiu em vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s