Saudades da minha gente

Venho de uma pequena cidade
Cidade de nome imponente
A mais brasileira de todas as cidades europeias
Barcelona é seu nome

Carrego dentro de mim uma infância feliz
Uma infância de menino pobre, ainda assim feliz

Nos sentávamos à mesa famintos e esperávamos meu pai
Sua presença era a permissão que precisávamos para saciar nossa fome
A fome de pão, feijão, arroz e farinha
Mas a minha maior fome era outra

Eu tinha fome de palavra
Fome de conhecimento
E os meus pais jamais me serviram um livro
Jamais me saciaram essa fome

Não me concederam as palavras porque não frequentaram uma escola
Porém, me deram um precioso bem, me deram a liberdade
Liberdade de correr entre as matas que circundam minha cidade
Liberdade de me aventurar nas terras que ladeiam o Rio Potengi

Foi assim que descobri a minha poesia
A poesia nos sonhos pueris de minha geração
A poesia dos beijos nos lábios de Vitória
A poesia das noites que a fome não me permitia dormir
A poesia do som das águas caindo do paredão da Barragem de Sinésio
A poesia das águas correndo dos riachos e açudes ao encontro do único rio
A poesia do encontro de todas as águas com o mesmo velho rio
Parada final tal qual a vida que nos leva ao mesmo destino

Porque a poesia é tudo isso, a poesia é isso tudo,
É a vida em sua essência, em seu estado bruto
Portanto, minha poesia é sofrida
Cada palavra escrita é um pedaço de mim
Por sorte, me recomponho à medida em que escrevo

As leituras me renovam, me recriam
Assim me lanço no mundo das palavras, no universo da imaginação
E me entrego com tamanha paixão que me sinto extasiado ao ler um poema
Me sinto febril ao fazer um poema, me sinto… me sinto vivo

Minha vida tem sido um constante sentir:
sentir falta dos amigos leais
sentir falta dos conselhos de minha mãe querida
sentir falta das inevitáveis desavenças com meus irmãos

E hoje quando fecho os olhos, sinto o cheiro da terra molha onde meus poemas nascem
Sinto o cheiro de Barcelona e de tudo o que ela significa para mim

Nelson Almeida
Natal, 25/11/2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s