Dezembro

Décimo segundo, de outrora dez. Mês que Hélio se delonga na condução da carruagem Trazendo o verão austral, santos e imaculadas Também é tempo de esperança No tangível ou incorpóreo Tempo de enlaces e avenças Depois do jarro de Pandora Que ainda viva Élpis querida